Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Moção de Apelo dirigida ao secretário de Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural para impedir que a Cidasc de Joaçaba encerre suas atividades

Publicado em 10/09/2019 às 16:50 - Atualizado em 10/09/2019 às 16:50

Autoria é do vereador Léo Mascarello e conta com o apoio de todos os legisladores
Créditos: Joce Pereira Baixar Imagem

Herval d’ Oeste – De autoria do Vereador do PSD Léo Mascarello a Moção de Apelo nº 001/2019, dirigida ao secretário de Estado de Agricultura, Pesca e desenvolvimento Rural, Ricardo Gouvêa. O teor da Moção é para que o Governo não encerre as atividades da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), regional de Joaçaba. A Moção conta com o apoio de todos os vereadores.

                                       Léo destaca que a Cidasc é uma empresa de Economia Mista, criada em 28 de fevereiro de 1979 pela Lei nº 5.516, fundada em 27 de novembro de 1979 e transformada em empresa pública em seis de setembro de 2005. Tem como missão executar ações de sanidade animal e vegetal, preservar a saúde pública, promover o agronegócio e o desenvolvimento sustentável de Santa Catarina e é reconhecidamente uma referência em excelência se tratando de sanidade agropecuária.

                                    O vereador relata ainda que em seus 40 anos de existência, a Cidasc demonstra ser uma empresa pública que busca melhorar a qualidade de vida da população catarinense, promovendo a saúde pública, o desenvolvimento integrado e sustentável dos setores agropecuário e pesqueiro, mediante ações voltadas à qualificação da produção, segurança alimentar e apoio à produção.

                                  “O atendimento à população é realizado de forma descentralizada por intermédio de toda a sua estrutura organizacional, trabalho este realizado por meio de suas regionais. Entretanto e infelizmente, por determinação da direção estadual, a unidade Regional de Joaçaba deverá encerrar suas atividades e os funcionários lotados nesta unidade, serão distribuídos pela própria região na qual moram”.

                                 Diante da gravidade do fato, Léo solicita a interseção junto à Secretaria de Estado de Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, para impedir o encerramento das atividades deste órgão estadual na região, voltado para o fomento e desenvolvimento da agricultura regional. “Registramos nossa manifestação pela permanência e continuidade das atividades da referida unidade regional”.

 


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar